Como reduzir os custos logísticos da minha loja virtual?

Ter um website para vender online é apenas a ponta do iceberg, aquela parte visível sobre a água. Mas há todo um processo “submerso” que muitas pessoas inicialmente não focam. Administrar uma loja virtual significa se preocupar com toda a base logística e encontrar as formas mais inteligentes — e baratas — de estocar, manusear e entregar produtos.

Pois é, o desafio de reduzir custos logísticos é comumente enfrentado por quem vende online. Quer saber como lidar com diferentes volumes de pedidos e não arrancar os cabelos na hora de realizar suas entregas? Então continue lendo para conferir as dicas da ASAP Log.

Entenda seu modelo

Armazenagem, estoque, manuseio e transporte. Esses são os principais atividades exercidas num processo logístico. Para otimizar seus custos logísticos, você precisa sempre analisar com cuidado cada um desses pilares. Mas a logística em si — terceirizada ou não — é apenas parte da equação.

É fundamental, também, incluir dados comerciais e demais demandas na estratégia de entregas. Criar um cronograma com datas comemorativas e períodos sazonais de altas vendas, mapear regiões + datas de entrega e determinar comportamentos de compra são pontos cruciais na hora de estabelecer um sistema logístico com solidez e custos minimizados.

Portanto, uma das melhores formas de otimizar custos é analisar com bastante atenção cada etapa do seu modelo de negócio. Todas as ações devem ser voltadas para que o cliente, no final da sua jornada de compra, fique plenamente satisfeito.

Uma ótima prática é “trazer o cliente para dentro de casa”, ou seja, realizar pesquisas de feedback e “incluir” o cliente nas decisões do seu negócio. O cliente é rei, não é mesmo? E feedbacks dos clientes podem ajudar a melhorar até mesmo a logística da sua loja virtual.

Trabalhe seus números

É claro que a precificação é um dos aspectos-chave de um e-commerce, mas isso não vale apenas para preços finais e controle de margem de lucro de produtos. Uma negociação efetiva com fornecedores é essencial para que o “picking” dos pedidos não gere custos adicionais, uma vez que isso impacta toda a operação.

Outra negociação fundamental é com as transportadoras. Já falamos sobre isso em um outro post da ASAP Log e o reforço nunca é demais: o ideal é sempre ter mais de uma transportadora parceira para ter mais flexibilidade tanto em regiões de entrega quanto em valores.

  • E fica a dica: a ASAP Log realmente pode ajudar a decolar sua loja virtual com inovação e baixos custos. Saiba tudo sobre isso clicando aqui.

Estudando seus números, você se torna capaz de reduzir custos gerais de estoque, incluindo pedidos, processamento, manutenção e custos de falta. Uma alternativa interessante é classificar a relevância dos seus produtos em classes de acordo com o valor agregado de cada um deles (tipos A, B e C, por exemplo) e depois comparar com o giro de vendas e necessidade de reposição em estoque.

Aliás, processar pedidos com agilidade — e controlar esse tempo — também é algo igualmente necessário. Isso implica em testar diferentes formatos de entrega e ficar de olho nas tendências do mercado quanto a novas tecnologias… E nunca deixar de acompanhar feedbacks, relatórios e estatísticas de vendas, é claro. Indicadores de desempenho (os famosos KPIs) são sempre úteis.

Tecnologia + inteligência estratégica = sucesso

Falando em tecnologias, há alguns sistemas que podem ajudar bastante a “enxugar” o processo logístico. A adoção de um WMS (Warehouse Management System ou simplesmente “sistema warehouse”) pode ser extremamente útil na otimização e na gestão geral de estoque. Isso pode ser combinado com um sistema TMS (Transport Management System), que auxilia as empresas no controle de entregas e notifica ocorrências.

Quanto a etiquetas, você pode utilizar um sistema de etiquetas RFID, sigla que significa “identificação por radiofrequência”. É isso mesmo: aqueles códigos de barra convencionais são coisa do passado em sistemas logísticos. Com o RFID, você consegue gerenciar à distância seu itens em estoque com rapidez e muito mais segurança.

Um dos “termos da moda” é o famoso ERP (Enterprise Resource Planning), um sistema de gestão empresarial controlado via software. Se você já ouviu falar em ERP, sabe que é algo bem sério e que pode mudar o rumo da sua loja virtual.

Há vários ERPs no mercado, mas o importante é você estudar a aplicação de um deles com muito carinho, visto que esse sistema impacta não só a logística, mas toda a empresa. É basicamente uma plataforma que integra todos os setores e garante agilidade e, mais ainda, permite a previsão de volume de vendas e programação de etapas referente a estocagem e transporte conforme as demandas.

É claro que todas essas tecnologias só são realmente úteis se você já tiver um processo de expedição bem definido (e o mesmo vale para recepção de mercadorias). Fatores como controle de entregas até cálculos de cubagem de produtos — e a ASAP Log tem uma ferramenta para te ajudar com isso — precisam sempre estar na sua estratégia logística para que os seus custos sejam os menores possíveis.


E aí, gostou? Quer vender ainda mais na sua loja virtual? Então continue ligado no blog da ASAP Log e ative as notificações no sininho (canto inferior esquerdo da tela) para receber mais dicas! 😉

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar